Corantes

Corante Carmin de Cochonilha: obtido a partir de corpos dessecados da fêmea do inseto Dactylopius Coccus. É estável diante de temperatura, variações de pH e efeito oxidativo da luz. Disponível em concentrações de 1,5 e 3,0 de ácido carmínico. Indicado, entre outros, para aplicação em carnes, produtos frescais e cozidos, sucos, iogurtes e bebidas lácteas. Corante Beterraba: obtido a partir da extração e concentração do suco de beterraba (Beta vulgaris L.). Estável a variações de pH e efeito oxidativo da luz; porém, não possui estabilidade à temperatura. Disponível em concentrações de 0,30 de Betanina. Por ser um corante não termo resistente, sua aplicação em formulações de hambúrguer proporciona uma coloração atrativa no produto enquanto cru; após cozimento, o produto se apresenta com a coloração natural de carne cozida – já que, neste caso, a coloração vermelha não é desejável. Indicado, entre outros, para aplicação em carnes, produtos frescais e cozidos, sucos, iogurtes e bebidas lácteas.